sábado, 23 de janeiro de 2016

Casa Durval Paiva conquista prêmio do Ministério da Cultura

Aline 03
A Casa Durval Paiva conquistou o prêmio Todos Por Um Brasil de Leitores, do Ministério da Cultura (MinC), que será destinado ao financiamento do Projeto Viva a Leitura, desenvolvido desde 2007 na Sala de Apoio Pedagógico da instituição.
O projeto premiado tem o objetivo principal de oferecer às crianças e adolescentes assistidos um espaço cultural dedicado ao universo literário infantojuvenil, com extensão aos alunos da rede pública e pacientes de hospitais credenciados, por meio de uma biblioteca itinerante. Aberto à visitação diária, promove eventos culturais que trabalha com a cultura popular nordestina e a literatura em geral, realizando oficinas com contação de histórias, poesias, cordéis, mamulengos, livros de pano, animação de massinha e desenho em quadrinhos.
Através do Viva a Leitura, a Casa busca aguçar a curiosidade e interesse pela experimentação do novo e do desconhecido, fazendo com que os participantes busquem novos horizontes de vida, como destaca Rilder Campos, presidente da instituição. “Em sua maioria, nossos pacientes são oriundos do interior do Estado, desprovidos de conhecimento e de baixa escolaridade. Criamos o Projeto Viva a Leitura não só para despertar nas crianças e adolescentes o interesse e o gosto pela leitura e conhecimento, mas também para contribuir com o desenvolvimento e formação de indivíduos que possam se tornar cidadãos atuantes na sociedade.”, afirma.
O prêmio concedido pelo Ministério da Cultura procura identificar, divulgar e potencializar iniciativas que contribuam para um Brasil de leitores, ao dar continuidade a ações de incentivo à leitura, difundir metodologias que possam ser compartilhadas e ampliar o acesso à informação, à leitura e ao livro para todos os cidadãos. Nesta última edição, 349 propostas de todo o Brasil foram inscritas, sendo 182 habilitadas e 80 contempladas. Dentre estas, o Viva a Leitura ficou entre os 52 projetos da categoria destinada às iniciativas em espaços não formais de leitura.
INFORMAÇÃO Blog do Seridó

Nenhum comentário:

Postar um comentário