sábado, 16 de janeiro de 2016

Fumar pode prejudicar até cães e gatos

fumo-prejudica-cao-gato
Enquanto todos sabem os danos que o fumo passivo pode causar nos seres humanos, ainda é pouco conhecido que os animais de estimação de um fumante correm um risco igual ou até maior do que companheiros e crianças. É isso que informa um estudo preliminar da Universidade de Glascow que deve ser finalizado ainda neste ano.
Por este motivo, a Ordem dos Médicos Veterinários da Itália lançou na cidade de Milão uma campanha informativa com o slogan “O fumo também os mata”, que foi apresentada no Palazzo Marino nesta quinta-feira, dia 14, para que os donos de cães e gatos que fumam saibam os perigos que seus bichos estão correndo e também para incentivar que eles parem de fumar.
No evento, foi explicado por que os animais são tão sensíveis a essa atividade. Os mais vulneráveis são os gatos que, por terem o hábito de lamber seus pelos, acabam engolindo substâncias nocivas do fumo que ficam depositadas na parte externa do corpo e acabam sendo mais suscetíveis a tumores na região da boca e da garganta.
Já entre os cachorros, as raças que correm mais riscos são as que têm um nariz comprido, mais sujeitas a ter câncer nas cavidades nasais, e as de menor porte, mais predispostas a doenças cardíacas e respiratórias. Outro perigo é que esses animais podem engolir bitucas de cigarro.
Até canários e papagaios podem ser afetados pelo fumo, já que esses pássaros podem pegar uma pneumonia, muitas vezes letal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário