domingo, 18 de agosto de 2013

Rio Grande do Norte ultrapassa a marca de mil mortes violentas em menos de oito meses

Número foi atingido durante esta madrugada. A estimativa é que 2013 termine com 1560 execuções no RN. Foto: Divulgação Rio Grande do Norte completou a macabra marca de mil homicídios registrados desde janeiro, conforme dados do Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH/RN). O número representa um aumento de 5% em relação ao total das mortes violentas ocorridas no ano passado, quando 952 pessoas foram assassinadas no Estado. A estimativa é que, mantendo-se a média de 130 mortos por mês, o RN termine 2013 cm 1.560 assassinatos. Somente na Capital, foram 356 mortes no mesmo período, ou 80,18% do total de casos contabilizados em 2012, quando ocorreram 444 execuções.

Quando juntamos Natal aos demais municípios da Região Metropolitana, temos quase 600 assassinatos. Conforme os dados do CEDH/RN, o município de Parnamirim já contabiliza 71 homicídios até hoje; em terceiro lugar vem Macaíba, com 64 mortes, já incluindo a do ex-presidiário José Jefferson da Silva, morto ontem em uma emboscada; São Gonçalo do Amarante tem 34 execuções; Ceará-Mirim, 30; São José do Mipibu, 22 e Nísia Floresta, 17 crimes cometidos.

Fora da Região Metropolitana, a situação de Mossoró, segundo município mais importante do Estado, também é preocupante. Com a marca de 120 homicídios ocorridos até ontem à tarde, a parcial de 2013 já se aproxima do total registrado em todo o ano passado, quando 143 pessoas foram assassinadas.

informação do blog de Eduardo silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário